Ads Top

EXCLUSIVO: Naldo Cell entrega defesa e diz que o Regimento da Casa foi descumprido






Na tarde desta sexta-feira (11) o presidente afastado da Câmara Municipal de Conde, Naldo Cell (PT), protocolou sua defesa no processo instaurado contra ele, na última segunda-feira, depois da Casa, por oito votos a dois, acolher denúncia feita pelo vereador Malba de Jacumã (SD). 
Em entrevista ao CANAL DO POVO, Naldo mencionou irregularidades no processo, falou sobre a relação do novo procurador da Câmara com a ex-prefeita Tatiana Corrêa, disse que vai questionar a legitimidade da sessão, exaltou a postura da prefeita Márcia Lucena e agradeceu as manifestações de
 apoio que vem recebendo.

SOBRE SUA DEFESA 

"A defesa está construída em cima de todos os pontos elencados na denúncia, estou tranquilo, pois tudo é defensável. Quem está acusando pode citar qualquer fonte na verdade. Mas tinha questões que eram até sem fundamentação, como a questão do INSS, como a questão das quentinhas, das palmeiras que existe documentação, que existe viabildiade. Então assim, tudo tem sua defesa, estou tranquilo, a população sabe da minha idoneidade, da minha postura"

AGRADECIMENTO AO APOIO

"Estou também feliz porque eu recebo diaramente telefonemas, mensagens de apoio dizendo que quer ajudar, quer fortalecer. Mensagens dizendo 'tamo junto'. Então é muito gratificante, porque recebo do cidadão condense o apoio, pois compreendeu que essa é uma situação política", disse.

A CRENÇA NA JUSTIÇA

"Acredito em Deus em primeiro lugar, depois na justiça. Sei que os vereadores irão dar seus pareceres depois da comissão e da minha defesa. Respeito o processo da Casa, mesmo sabendo que foi feito um processo atropelado com os trâmites internos da Casa. Não acompanhou o Regimento Interno, mas se foi instaurado eu vou respeitar, mesmo discordando e vou também recorrer na Câmara por todo atropelo que houve no Regimento Interno". 

QUE ATROPELOS ACOTECERAM?

"Uma denúncia teria que ter ido para a mesa, a denúncia foi para a mão do vereador. Se fosse como requerimento tinha que ir para discussão e votação. Não houve discussão porque não me deixaram com direito de defesa".

 POSSIBILIDADE DE ESQUEMA PARA BENEFICIAR TATIANA 

"Se tem eu não sei, mas o que é interessante é que o ex-procurador da ex-gestora, já está hoje como procurador da Câmara. O mesmo procurador que era do vereador Luzimar Nunes, que é membro da Comissão Processante já está procurador da Câmara. Então assim, eu não posso afirmar mas existem vínculos na verdade, não posso afirmar algo que não tenho certeza, mas existem vínculos muito fortes, indícios muito fortes, porque é a mesma pessoa que defendia uma gestora, que defendia um antigo presidente de Câmara que hoje é membro de uma comissão processante contra o presidente da Câmara. Então existem indícios na verdade. É isso que tenho a dizer sobre toda essa situação".

A POSTURA DA PREFEIRTA MÁRCIA LUCENA

"Olha, uma postura grandiosa, louvável na verdade. Ela tem a ciência que os poderes são autônomos e o Legislativo de se 'autoresolver', se 'autoentender' na verdade, internamente. Eu acho que essa tem que ser a postura da gestora e é isso que ela está fazendo. Um poder não pode intervir em outro poder. Esse é o entendimento".

A POSSIBILIDADE DE RENUNCIAR O MANDATO

"Novamente eu digo que não renunciarei. E digo mais na verdade, mais uma coisa que eu não elenquei: O presidente da Câmara encerrou a sessão e  a sessão foi aberta, imediatamente sem ter nenhuma sessão prevista, sem ter nenhuma data de sessão extraordinária. Então é mais um atropelo do Regimento Interno da Câmara".

SOBRE ANULAR A SESSÃO

"Olha, vou recorrer na Câmara pelos atos, porque eu tenho esse direito na verdade. Acho que todo cidadão pode recorrer aos seus direitos. Um presidente encerrou a sessão e o correto era a sessão ser encerrada, não é ser reaberto novamente, imediatamente, porque o vice-presidente só poderia reabrir se eu não estivesse presente na sessão, no tempo hábil. É assim que diz o Regimento Interno. E eu acho que a Câmara tem que seguir seu Regimento".

O DESEJO 

"Desejo que os cidadãos condenses entendam o processo político e que esperem que a Câmara não pare de funcionar, que a biometria não pare, que esperem que a Câmara continue trabalhando como estava anteriormente. O que importa é a Câmara trabalhar pelo munícipio de Conde, produzir junto com o Executivo para a cidade crescer, desenvolver. Isso é o que mais importa". 

E O PEDIDO DE DESCULPAS

"Por fim, pedir desculpas aos cidadãos, pois eles não merecem  passar por esse processo, eles não merecem está assistindo esse desfecho todo, apenas por poder. Isso é o que me deixa mais triste, mas espero que no final Deus vai guiar os caminhos e vai acontecer tudo que é da vontade d'Ele".





Da Redação


Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.