Ads Top

CORPORATIVISMO: Câmara livra de cassação vereador que postou vídeo se masturbando


A Câmara de Municipal da cidade de Montadas, Agreste do Estado, rejeitou o pedido de abertura do processo de cassação do vereador Sebastião da Costa Silva (PSB). O pedido surgiu depois que o parlamentar postou, em uma rede social, um vídeo dele se masturbando dentro de uma escola pública do município.

De acordo com o presidente da casa, Cássio Avelino (PSD), dos 8 vereadores que votaram, cinco foram contra a abertura do processo e três a favor. A votação ocorreu na noite dessa terça-feira (26), durante uma sessão extraordinária marcada na Câmara Municipal.

O vídeo foi postado de forma pública no perfil do Facebook do vereador em 19 de dezembro deste ano e passou pelo menos 2 horas no perfil do parlamentar.




Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.