Ads Top

Vice-presidente dos EUA diz que ele e Trump são evangélicos e frisa que apoio dos cristãos faz diferença


O vice-presidente dos Estados Unidos afirmou que ele e seu colega de mandato, Donald Trump, o titular do cargo, são evangélicos e sua administração é pautada pelos princípios cristãos.

Mike Pence destacou que Trump é grato pelo apoio que recebe dos evangélicos, oferecendo suporte para suas iniciativas pró-vida e disponibilizando tempo e pessoas para a realização de estudos bíblicos na Casa Branca, oferecido de forma facultativa a quem se interessar.

“As palavras mais doces que o presidente e eu já ouvimos, e as ouvimos muito, são quando as pessoas pegam em nossas mãos e dizem: ‘estamos orando por você’”, disse Pence em entrevista à emissora Christian Broadcasting Network (CBN).

Para ilustrar essa relação de afeição pela fé e aceitação à presença das lideranças evangélicas no convívio, o vice-presidente citou uma reunião no Salão Oval da Casa Branca, o gabinete da presidência: “Quando as pessoas pediram uma pausa para um momento de oração, o presidente abraçou o pedido facilmente. Eu acho que ele sempre foi muito humilde e grato pelo apoio dos cristãos”, contextualizou.

Como forma de falar abertamente a respeito do tema, Mike Pence terminou por reiterar declarações de líderes evangélicos que testemunharam a respeito da conversão de Donald Trump: “Mas, me deixe ser claro: o presidente Trump é evangélico e eu também”, salientou.

“Entendemos o papel da fé na vida desta nação e do povo americano. Eu acho que eles podem se sentir encorajados ao saber que, no presidente Donald Trump, eles têm um líder que abraça, respeita e aprecia o papel da fé e a importância da religião na vida de nossas famílias e nas comunidades do nosso país”, prosseguiu Pence.

Estudos
A equipe de assessores de Trump se reúne, semanalmente, para um momento de oração e estudo da Bíblia, com a presença do pastor Ralph Drollinger, fundador da Capitol Ministries, uma entidade voltada à ministração de discipulado, estudos bíblicos e evangelismo junto a lideranças políticas.

Nesse grupo de cristãos que se reúnem para o devocional, estão oito secretários de gabinete, o administrador da Agência de Proteção Ambiental, o diretor da CIA e o próprio vice-presidente.

“Em termos de saúde e direcionamento de um país, quando seus líderes estão buscando a Deus, a nação fica na posição de ser abençoada por Deus ‘infinitamente mais do que tudo o que pedimos ou pensamos’”, comentou Drollinger, usando uma referência a Efésios 3:20.





Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.