Ads Top

Azevêdo x Cássio: declarações apimentadas dão tom da campanha na PB

  

 Azevêdo x Cássio: declarações apimentadas dão tom da campanha na PB
As convenções partidárias que definirão os candidatos ao governo do Estado, só serão realizadas em julho, mas o clima da campanha eleitoral já é evidente. Provocações, declarações apimentadas, comparações e troca de farpas tem marcado o período que antecede o inicio da disputa pelo Palácio da Redenção, entre os pré-candidatos.




Pré-candidato pelo PSB ao governo do Estado, com apoio do governador Ricardo Coutinho, o ex secretário João Azevedo, já deu o tom da campanha. Ao comentar a declaração do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), que o comparou como sendo “a nova Dilma da Paraíba”, João contra atacou e disse que o tucano pode se transformar no “novo Aécio Neves” da Paraíba.

Em entrevista nesta quarta-feira, 16, João destacou que a declaração de Cássio não o diminui em nada.



– O senador, pelo cargo que exerce, deveria estar mais preocupado em trazer benefícios para a Paraíba, do que virar frasista de manchete de jornal. Acho que isso não cabe bem. O fato dele ter me comparado com a ex-presidente Dilma não me diminui em nada, que sofreu um impeachment do qual ele foi um dos articuladores. E quando o presidente Temer caiu na desgraça de não ter aprovação nenhuma, Cássio saiu de perto. Da mesma forma que saiu de perto de Aécio Neves, que era o grande amigo dele. Da mesma forma que ele acha que posso ser a Dilma da Paraíba, ele pode ser o Aécio da Paraíba – pontuou.



Em recente entrevista Cássio admitiu a força do pré-candidato João Azevedo ao governo da Paraíba, mas jogou “farpas” no ex secretário de RC ao afirmar que ele “pode ser a Dilma da Paraíba”.

Apesar da declaração ter tom de crítica em alusão ao fato de João Azevedo não ser um político de carreira, ele compara a indicação do governador Ricardo Coutinho  (PSB) a ex-presidente Dilma Rousseff, admitindo a popularidade do governador Ricardo Coutinho , que tal como Lula tem grandes chandes de fazer o sucessor.



Severino Lopes

Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.