Cannes: Atriz acusa o produtor de usar o festival como 'local de caça' e de estuprá-la


A atriz Asia Argento entregou, ao lado de Ava DuVernay, o prêmio de melhor atriz no Festival de Cinema de Cannes e usou seu discurso para denunciar o comportamento do produtor Harvey Weinstein em edições anteriores do evento. "Em 1997, fui estuprada por Harvey Weinstein em Cannes. Eu tinha apenas 21 anos e esse festival era seu local de caça", afirmou a atriz.

Antes de entregar o prêmio a Samal Yesliamova, de Ayka, dirigido por Sergei Dvortsevoy, Argento prosseguiu com sua fala inflamada: "Quero fazer uma previsão: Harvey Weinstein nunca mais será bem-vindo aqui. Ele viverá em desgraça, rejeitado pela comunidade que o abraçava e abafava seus crimes", acusou a atriz. 

Dirigindo-se à plateia, ela disse que ainda havia alguns ali que deveriam ser responsabilizados por seu comportamento em relação às mulheres. "Nós sabemos quem vocês são e não permitiremos que se safem", provocou.




Acompanhe mais notícias do Canal do Povo
Entre em contato com a gente:
Telefone: (83) 99853 2134
WhatsApp: (83) 99853 2134
E-mail: canaldopovopb@gmail.com

Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.