Ads Top

CONDE: Vereador faz críticas a prefeita, dispara contra secretário e cobra direito de vigilantes





O vereador Fernando Araújo (Avante), ao usar a ‘Tribuna’ durante a sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Conde, desta segunda-feira (18), voltou a fazer diversas críticas a gestão Márcia Lucena (PSB). 

O parlamentar reclamou da situação da saúde do município, bem como do Estádio Sebastião Ribeiro e do Ginásio Municipal, que seguem fechados ao público, deixando jovens e adultos sem local adequando para prática esportiva.

 Ao falar sobre a denúncia que fez contra a gestão ao MP o vereador não poupou críticas ao secretário de Comunicação, Walter Galvão. Fernando afirmou que Galvão não tem capacidade de assumir a secretaria e "fica criticando e falando o que não conhece. Se ele fala de legalidade, por que sua secretaria tem mais de 21 funcionários e recebe mensalmente 45 mil? Isso é legalidade que a gestão propõe? Em relação ao procedimento que entrei junto ao Ministério Público Estadual, denunciando a gestão por improbidade administrativa, o fiz porque desde dezembro não foi colocada sequer uma lâmpada e por incapacidade da gestão, foram suspensas diversas licitações. Então o único caminho que encontrei foi entrar com a referida ação, para que o a gestora responda ao MP porque não está fazendo a iluminação pública. Basta dizer que é descontado mensalmente na conta dos condenses e desde dezembro, a prefeitura não colocou uma lâmpada e não fez a manutenção na iluminação pública", disse Araújo

Fernando ainda cobrou mais uma vez o pagamento do ‘adicional noturno’ dos vigilantes municipais.  Ao CANAL DO POVO, o vereador afirmou que se necessário, fará denúncia junto ao Ministério Público do Trabalho. São 31 vigilantes efetivos e a lei trabalhista é bastante clara. Após as 22 horas os profissionais têm direito a 20% das horas trabalhadas. É pouquinho, mas é direito deles. É obrigação da gestora pagar! Se não pagarem eu vou acionar o Ministério do Trabalho. Já apresentei esse requerimento em meados de março do ano passado e estou mais uma vez fazendo o pedido. Se a gestão diz que anda dentro da lei, que cumpram a lei. Se não pagarem eu vou denunciar”, disse o parlamentar.


Da Redação


Acompanhe mais notícias do Canal do Povo

Entre em contato com a gente:
Telefone: (83) 99853 2134
WhatsApp: (83) 99853 2134
E-mail: canaldopovopb@gmail.com



Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.