Justiça condena acusados da morte do tenente Ulysses Costa


O juri popular começou na tarde desta quinta-feira (14) e terminou na madrugada desta sexta (15) no 1o Tribunal de Juri de João Pessoa.
  

José Adriano Ferreira e Joandson Pereira de Sousa foram condenados pela morte do tenente da Polícia Militar, Ulysses Costa. O juri popular começou na tarde desta quinta-feira (14) e terminou na madrugada desta sexta (15) no 1o Tribunal de Juri de João Pessoa.

O militar foi assassinado no dia 4 de fevereiro de 2016 no bairro de Mangabeira, em João Pessoa. Na época, ele tinha 32 anos e estava à paisana realizando um levantamento, junto com outros policiais do serviço de inteligência, na comunidade Aratu, no conjunto Cidade Verde.

O júri entendeu que o homicídio foi praticado contra o policial em exercício da função e em decorrência dela.

José Adriano Ferreira terá que cumprir a pena de 23 anos, 9 meses e 18 dias de reclusão. Quanto a Joandson Pereira, o TJPB aplicou pena de 19 anos e 10 meses de prisão. "Todos devem cumprir em regime fechado, mantidas as prisões preventivas dos acusados para garantia da ordem pública.

O promotor de justiça Marcus Leite disse entender que não havia outro caminho a não ser a aplicação dessa pena. "O veredito dos jurados foi bastante justa, coesa, exatamente com base nos autos. Para mim não foi surpresa, para o MP, para a banca e a sentença nós entendemos como justa", citou.





Acompanhe mais notícias do Canal do Povo
Entre em contato com a gente:
Telefone: (83) 99853 2134
WhatsApp: (83) 99853 2134
E-mail: canaldopovopb@gmail.com

Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.