Ads Top

FANTASMA: Vasco empata com o Atlético-PR e segue perto da zona de rebaixamento




Vasco teve a faca e o queijo na mão para se afastar das últimas colocações da tabela. Nesta quarta-feira, a equipe recebeu o Atlético-PR em São Januário e vencia até os 49 do segundo tempo. Porém, tomou o gol de empate e, com o 1 a 1, se mantém perto da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

Os dois gols do jogo saíram na segunda etapa. Primeiro, Thiago Galhardo fez para o Vasco em cobrança de pênalti. E quando tudo parecia que terminaria assim, Léo Pereira empatou para o Atlético-PR, após confusão na área.

Com o resultado, o Vasco se mantém perto da zona de rebaixamento. Agora com 39 pontos, a equipe está apenas dois à frente da Chapecoense, atual 17ª colocada do torneio. Já o Atlético-PR perdeu a chance de entrar no grupo de classificação para a Libertadores. Com 47 pontos, o time segue na 7ª posição, atrás do Atlético-MG.

Na próxima rodada, o Vasco tem um difícil confronto contra o Corinthians, fora de casa, no sábado. No mesmo dia, o Atlético-PR encara o Vitória na Bahia.

O JOGO

O Atlético-PR tentou impedir a pressão inicial do Vasco com muitas trocas de passe. No entanto, quando tinha a bola, os donos da casa eram objetivos e rondavam a área paranaense. Só que a primeira boa chance de partida aconteceu somente aos 13 minutos. Rildo cruzou na área e Kelvin cabeceou em cima de Santos, que fez grande defesa.

O Vasco voltou a criar boa chance aos 19 minutos. Rildo foi lançado na área tocou na saída de Santos. Só que a bola foi pela linha de fundo, para desespero da torcida em São Januário. A resposta do Atlético-PR veio em seguida. Marcelo Cirino recebeu passe na área, mas tocou errado quando estava de frente para Fernando Miguel.

O lance animou os visitantes, que melhoraram no confronto e tiveram boa chance aos 29 minutos. Wellington arriscou de longe e obrigou Fernando Miguel a fazer boa defesa.

Na parte final, o Vasco perdeu seu segundo jogador por lesão. Após Ramon sofrer um problema no joelho, Rildo sentiu a coxa e também precisou ser substituído. Com isso, os donos da casa viram o Atlético-PR dominar nos minutos finais. No entanto, os visitantes não incomodaram o goleiro Fernando Miguel.

No segundo tempo, os cruzmaltinos voltaram mais organizados e pressionaram em busca do gol. Após alguns chutes na zaga, Andrés Rios aproveitou indecisão entre Thiago Heleno e Santos e quase abriu o placar aos cinco minutos.

Só que na primeira vez que chegou ataque, o Atlético-PR teve sua melhor chance na partida até então. Pablo acertou belo chute de virada e acertou a trave.

A partir dai, o confronto ficou aberto, com as duas equipes voltadas ao ataque. Primeiro Léo Pereira levou perigo a Fernando Miguel. Depois disso, o Vasco passou a pressionar e desperdiçou chances com Giovanni Augusto, Kelvin e Thiago Galhardo.

De tanto insistir, os cruzmaltinos chegaram ao gol aos 21 minutos. Andrés Rios foi derrubado por Pablo na área e o árbitro marcou pênalti. Thiago Galhardo cobrou rasteiro no meio para abrir o placar em São Januário.

O revés fez o Atlético-PR se lançar ao ataque. Com isso, o Vasco recuou, mas ainda impedia os lances de perigo ao adversário. Os donos da casa ainda tiveram grande chance de marcar o segundo aos 30 minutos. Em contra-ataque rápido, Thiago Galhardo entrou na área, mas chutou em cima de Santos.

O Atlético-PR não se abalou com o lance e seguiu com mais posse de bola. No entanto, os paranaenses ameaçavam mais pelas bolas aéreas, principalmente com Pablo. O Vasco ainda teve nova chance de marcar já nos acréscimos com Andrés Rios. Só que o atacante chutou na trave. Para piorar para os mandantes, os visitantes empataram quase no último lance do jogo, com Léo Pereira, para dar números finais em São Januário.







Acompanhe mais notícias do Canal do Povo

Facebook, TwitterYoutube e Instagram
Entre em contato com a gente:
Telefone: (83) 993191 9890
WhatsApp: (83) 993191 9890
E-mail: canaldopovopb@gmail.com


Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.