Mãe e seu bebê morrem em possível ataque de animal




Uma canadense e seu bebê morreram em possível ataque de urso pardo no território de Yukon, no noroeste do Canadá.

Segundo as autoridades, Valerie Theoret, de 37 anos, estaria caminhado com sua filha Adele, de 10 meses, quando o animal as atacou na segunda-feira (26).

Os corpos foram encontrados pelo companheiro e pai do bebê não muito longe de sua cabana nas margens do Lago Einarson, a mais de 400 quilômetros de Whitehorse, a única cidade em Yukon.

Depois de testemunhar a cena devastadora, o homem confrontou um urso, que estava a cerca de 100 metros da casa da família, e conseguiu atirar e matá-lo.
A família estava em instalada em uma cabana enquanto durava a licença-maternidade de Theoret, que era professora em uma escola primária de Whitehorse.

A Real Polícia Montada do Canadá e os legistas estão investigando o incidente como “o suposto ataque de um urso”, segundo um comunicado.

Ursos pardos normalmente hibernam entre outubro e abril, de acordo com o governo territorial, mas o clima mais quente no território levou a uma série de avistamentos de ursos nas últimas semanas.








Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.