Ads Top

OPINIÃO: 'Meninos birrentos' podem prejudicar o Nordeste





A decisão dos governadores eleitos do Nordeste em não participar da reunião com o presidente eleito Jair Bolsonaro é uma clara declaração de que as identificações político-partidárias, ideológicas e de conveniência, são superiores aos interesses e necessidades dos estados.

Ao não participarem do encontro os gestores estão de certa forma dizendo que não estão interessados em dialogar com o novo governo. Mas também estão demonstrando pouco interesse pela situação de caos que a maioria dos estados se encontra.

Provavelmente esses mesmos governadores virão a público em alguns meses para reclamar que não recebem um ‘tratamento adequado’ por parte da Presidência da República.

A batida de pé de menino birrento é um forte indício de que os faltosos tentarão travar as ações e dificultar as relações entre o novo governo e o povo nordestino.  Sob que direcionamento e atendendo a interesses de quem, não se sabe ou será que sabemos? 

Antes de ficarem fazendo ‘biquinho’, os governadores eleitos deveriam lembrar que existem dívidas a serem negociadas, recursos a serem liberados, solicitações a serem feitas e que essa postura pode aumentar as dificuldades para seus estados.

Os senhores governadores deveriam mesmo é engolir o choro, parar a birra e agir como as lideranças que são e que pelo povo foram constituídas para servir aos seus estados e não aos interesses de quem perdeu as eleições e está fazendo birra.

E nem venham com essa conversa mole de 'resistência'. Seus governos podem não resistir a escolhas infantis e 'mimizentas'.  


Ponto Final.  


Caco Pereira


Acompanhe mais notícias do Canal do Povo
Facebook, TwitterYoutube e Instagram
Entre em contato com a gente:
Telefone: (83) 993191 9890
WhatsApp: (83) 993191 9890
E-mail: canaldopovopb@gmail.com


Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.