Ads Top

Amanda atropela Cyborg no UFC 232, espanta dúvidas de novo e vira 1ª campeã de duas categorias




O mundo parou por 52 segundos. E, quando voltou a girar, o UFC tinha uma nova campeã dos pesos-penas. A baiana Amanda Nunes, que já detinha o cinturão dos pesos-galos da organização, fez história e se tornou a primeira mulher a deter dois cinturões do UFC ao nocautear ninguém menos que Cris Cyborg aos 51s do primeiro round em Los Angeles.

- É incrível. Me ajudem a acreditar! Eu esperava que a luta fosse assim. Eu sou a primeira campeã dupla do UFC. Eu disse que sertia assim. Dana, eu quero meu lugar no Hall da Fama. Eu sou uma leoa, e leoas fazem assim. Eu sinto o cheiro de sangue. Meu técnico sempre me diz para ficar calma para conseguir ver tudo.

A luta começou de forma frenética, com as duas lutadoras buscando a trocação franca. Cyborg tomou a iniciativa da luta, mas Amanda Nunes mostrou que a sua precisão poderia fazer a diferença. Após receber um soco de raspão, Amanda acertou dois golpes que derrubaram Cyborg pela primeira vez. A curitibana se levantou, mas uma série de golpes em sequência acabaram com o maior reinado do MMA feminino na história. Caída com o rosto no chão, Cris Cyborg não chegou a ver Amanda Nunes subir na parece do octógono já comemorando a sua vitória.



Duas coisas são certas: Amanda Nunes não liga para o que os outros acham e é sim a melhor lutadora de MMA do Mundo!

Ela não era favorita contra Miesha Tate. Finalizou!

Ela não era favorita contra Ronda Rousey. Nocauteou!

Ela não era favorita contra Cris Cyborg. Atropelou!

Assim, Amanda Nunes se tornou a primeira mulher da história a ser campeã de duas categorias, galos e penas. E ao mesmo tempo!

A baiana agora melhora o cartel para 17 vitórias e quatro derrotas. E dá um novo aviso ao mundo: é melhor não duvidar mais dela!




Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.