Ads Top

Deputada eleita recebe uma cabeça de porco com bilhete de ameaça de morte; veja



  
Eleita deputada federal por São Paulo, a jornalista Joyce Hasselmann denunciou uma ameaça de morte que recebeu nesta sexta-feira por meio de uma encomenda. Segundo Joyce, uma cesta com uma caixa dentro foi entregue a ela e dentro havia uma cabeça de porco, uma peruca loira e um bilhete para lhe intimidar.

 “Acabo de receber de “presente”: uma cesta com uma cabeça de porco, uma peruca loura e um bilhete com a frase “vai sofrer e vai morrer”. Adianto que já chamei a polícia e q esse “presentinho” não muda um minuto do meu dia! Tenho muito trabalho, sigo a agenda e Não tenho medo de bandido”, escreveu Joyce Hasselmann .

A polícia acaba de levar a “encomenda” que foi deixada para mim no meu prédio com uma ameaça. Acionei a polícia IMEDIATAMENTE. Repito: NÃO TENHO MEDO DE AMEAÇAS, DE BANDIDOS, DE BILHETES, DE BICHO MORTO. Aviso: as imagens das câmeras de segurança já foram solicitadas. 

No vídeo, a deputada federal eleita diz que já encaminhou todos os objetos para a polícia e que não se sentiu intimidada. A jornalista afirmou que continuará fazendo o seu trabalho e que busca cumprir com suas promessas de limpar o Brasil da criminalidade e da corrupção.
“Repito: não tenho medo de ameaças, de bandidos, de bilhetes , de bicho morto e aviso que as imagens das câmeras de segurança já foram solicitada”, disse Joyce.

Joyce Hasselmann recebeu mais de um milhão de votos nas eleições de 2018, sendo a deputada federal mulher com maior votação na história do Brasil. Ela ficou em segundo lugar em São Paulo, atrás apenas de Eduardo Bolsonaro, que recebeu  mais de 1,8 milhões de votos.

Filiada ao PSL, a jornalista foi uma das principais apoiadoras de Jair Bolsonaro durante toda a campanha e prometeu honrar as decisões do presidente eleito também na Câmara dos Deputados.

Na sua atuação como jornalista, Joyce Hasselmann escreveu uma biografia sobre Sérgio Moro e foi uma das maiores apoiadoras da escolha do ex-juiz federal para o cargo de ministro da Justiça e Segurança Pública.










Último Segundo

Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.