Ads Top

Após acidente motoboy é atendido no 'Trauma', mandado pra casa e morre no dia seguinte




O motoboy Adeildo Santos, deu entrada no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, na noite desta terça-feira (11), após um acidente de moto, no bairro dos Bancários.

De acordo com informações de amigos, o rapaz passou por um exame de ‘Raio X’, foi medicado e ‘mandando para casa’. Nesta quarta (12), por volta das 11h da manhã, Adeildo passou muito mal e veio a óbito depois de vomitar bastante sangue, sem que houvesse tempo de ser socorrido.

A família teria passado todo o restante do esperando que a viatura do IML fosse recolher o corpo de Adeildo, o que ocorreu somente as 18h.

“Nós entendemos que deveriam ter feito exames mais detalhados para averiguar se Adeildo não tinha algo mais grave. Agora uma família está despedaçada, esposa perdeu o marido e filhos perderam o pai”, disse Cristiano Almeida, líder comunitário e suplente de vereador.

De acordo com Cristiano, o clima é de revolta entre familiares e amigos do rapaz. “Todos estão revoltados. Todos acreditam que Adeildo estava com hemorragia interna. Se isso for confirmado, ficará claro que houve negligência médica. E se a família quiser, iremos dar todo o assessoramento para processar o Estado. Os culpados devem ser punidos”, disse.


Esta matéria poderá ser atualizada a qualquer momento. 


Da Redação

Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.