Ads Top

Homem é preso por cortar órgão genital de cachorro, no Sertão




Um homem identificado como José Ferreira de Andrade, foi preso em flagrante, depois de cortar o órgão sexual de um cachorro, depois de uma anatomia dos órgãos genitais, ocasionada após uma relação sexual entre os animais. O fato ocorreu na noite desta terça-feira (11), no bairro Jardim das Neves, na cidade de Bonito de Santa Fé.

A Polícia Militar foi acionada e prendeu em flagrante o acusado, que foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de Bonito de Santa Fé. Na Delegacia, o homem alegou que a sogra dele tem 80 anos e o cachorro teria invadido a residência dela para manter relação sexual com a cachorra, deixando a mulher assustada.

Revoltado com a cena de sexo entre os animais dentro da residência da sogra, o homem pegou um facão e cortou o órgão genital do cachorro. E, por isso ele deve responder por crime ambiental.

A Câmara dos Deputados aprovou na tarde desta terça-feira (11) o projeto de lei que aumenta pena em casos de maus-tratos contra animais. O texto estabelece que a pena será acrescida de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal ou quando forem constatados atos de zoofilia (ato sexual entre seres humanos com animais). A matéria segue para análise do Senado.

A matéria foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) em abril, mas só foi levada ao plenário da Casa nesta semana depois de comoção nacional com o espancamento e morte de um cachorro pelo segurança de uma rede de supermercados. O caso aconteceu no início deste mês, na cidade de Osasco (SP).

Para o relator da matéria, deputado Fábio Trad (PSD-MS), o aumento de pena é justo e mantém o equilíbrio das penas existentes na legislação. “O texto avança em termos penais na disciplina protetiva dos animais”, disser.





Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.