Justiça libera Suzane Richthofen para saída temporária mesmo após ela ser flagrada em festa




A Justiça liberou Suzane Von Richthofen para a saída temporária após a detenta ter sido flagrada em uma festa em Taubaté (SP). Por regra, ela deveria ter seguido para o endereço que havia informado ao receber o benefício.

A decisão é da juíza Sueli Zeraik, da Vara de Execuções Criminais de Taubaté, que não considerou a infração por parte da detenta. Com a decisão, Suzane passará o Natal e réveillon em liberdade. Ela deve voltar à prisão no dia 3 de janeiro.

Suzane chegou a ser levada de volta para a prisão após ter sido encontrada pela Polícia Militar em uma festa de casamento no bairro Estoril. Os policiais chegaram até lá após uma denúncia anônima.

Por descumprir as regras da saída temporária, Suzane foi levada de volta ao presídio, onde chegou às 16h55. A direção da P1 comunicou à Justiça, que não considerou infração.

Suzane havia deixado o presídio por volta das 8h10 deste sábado e deveria ter ido para a cidade de Angatuba, conforme apurou o G1.

Suzane von Richthofen obteve a progressão do regime fechado para o semiaberto em outubro de 2015. A primeira saída dela aconteceu em março de 2016, beneficiada pela saída temporária de Páscoa. Em setembro, Suzane teve negado o pedido para cumprir resto da pena em liberdade.




Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.