Ads Top

MOÍDO NO CONDE: “Eu não podia invadir a secretaria e tomar a LOA", dispara vereador



Depois de algumas publicações de pessoas ligadas e ou simpatizantes da gestão da prefeita Márcia Lucena (PSB), afirmarem que os vereadores da bancada de oposição na Câmara de Conde não queriam discutir e votar a  'Lei de Diretrizes Orçamentárias – LOA' para o exercício de 2019, o vereador Daniel Junior (PR), disse na última sessão da Casa, que enviaria prova de que os parlamentares não receberam as cópias do texto no mês de agosto, conforme manda a lei. 

O vereador cumpriu o prometido e enviou comprovação de que os vereadores só tiveram acesso ao texto da LOA apenas no 06 de dezembro, conforme ‘Termo de Recebimento’ assinado pelos parlamentares (veja imagem abaixo).

Daniel ainda esclareceu que o Executivo enviou a LOA para a Câmara no mês de agosto, conforme preconiza a Lei de Finanças Públicas. “O executivo cumpriu sua obrigação com a data que é instituída por lei, porém de agosto pra cá eu cobrei diversas vezes do presidente”.



  "Nós pedimos, eu não podia invadir a secretaria tomar a LOA", disparou Daniel

O parlamentar salientou ainda que o texto deverá ser aprovado, depois de feitas as emendas que o legislativo julgar relevantes para o município. “Vamos aprovar sem sombra de dúvidas, tanto a LOA, com as emendas”, garantiu.

Ouça:




Da Redação

Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.