Ads Top

A justiça não vai intervir em Bayeux e Cabedelo? (OPINIÃO)









Os paraibanos acompanham pela mídia o verdadeiro pardieiro que se tornou a administração pública nas cidades de Bayeux e Cabedelo, dois dos mais importantes municípios paraibanos. A cada dia, notícias de acordos, brigas, traições e intrigas, crimes, ameaças e todo um ‘arsenal de maldades’ que só fazem padecer o povo.

Diante desse caos administrativo gerado por uma gente que parece não se preocupar com o bem dos que lhe outorgaram poder, surgem perguntas inevitáveis: Quando a justiça vai intervir de forma efetiva nessas cidades? Quando o povo vai poder decidir quem deve governar? Até quando vereadores agirão a seu bel-prazer na busca pelo poder, sem que sejam impedidos de mandarem e desmandarem?

Bayeux e Cabedelo precisam urgentemente de intervenção. É urgente que se devolva ao povo o poder de escolher. A população dessas cidades não pode continuar refém de quem foi eleito para o legislativo e resolver se ‘empoderar de executivo’.

Se os eleitos prefeito e vice nessas cidades foram impedidos por quaisquer que sejam as circunstâncias, convoquem novas eleições. Deixem o povo decidir. Mas não permitam esse absurdo que acontece.

E leiam com atenção o que estou dizendo: Patos, a mais importante cidade do Sertão do Estado é a bola de vez para entrar nesse circo de horrores do “legislativo brincado de executivo”. Se não houver uma mudança de postura imediata veremos o mesmo pardieiro se formando por lá. E quem sofre com isso? O povo! 


Ponto. 

Caco Pereira



Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.