Ads Top

Secretário de Comunicação acusa oposição de ser contra população de Conde




"A oposição de Conde investe no quanto pior melhor, sempre se posiciona contra benefícios para a população, tem uma visão tacanha e preconceituosa da educação e da cultura, tenta impedir a organização dos espaços públicos e atua para atrapalhar quem quer realmente trabalhar pelo desenvolvimento municipal", afirmou, na manhã desta quarta-feira (5), o secretário de Comunicação Social e Difusão Digital da Prefeitura, jornalista Walter Galvão.

"Vejam esse novo ataque sem sentido a uma iniciativa altamente positiva da Prefeitura que foi a instalação da escultura A Árvore dos Bons Ventos na entrada da cidade na BR 101, um presente de aniversário para a cidade", alertou o secretário, que acrescentou: "Um vereador atacou a obra de arte afirmando que a Prefeitura enfeita a cidade, mas não atende necessidades da população, o que é falso. O cotidiano da Prefeitura é atendendo necessidades da população, com terraplanagem, iluminação, transporte de estudantes, transporte de pacientes, ele sabe muito bem”

Continua Galvão: “ É incrível isso, um vereador considerar negativa a escultura e dizer que é 'enfeitar' o que na verdade é a valorização dos espaços públicos através da qualificação que a arte proporciona". Além disso, ele perguntou sobre "o que a oposição fez para marcar o aniversário da cidade, além de atacar a Prefeitura, desqualificar a equipe gestora que está sempre à disposição para o diálogo com a Câmara, combater a gestão municipal, e atrapalhar o trabalho da prefeita?”

"Isso é a visão tacanha a que me refiro, uma oposição que ficou contra o ordenamento do estacionamento de transportes turísticos nas praias que tem o objetivo, através de cobrança de taxas para financiar ações ambientais, de preservar a natureza, pois os recursos serão empregados em banheiros químicos que vão melhorar a permanência das pessoas, fiscalização para evitar o acúmulo de lixo, aquisição de depósitos de lixo, tudo para beneficiar turistas e principalmente moradores que frequentam as praias", declarou Walter Galvão.

"Outro caso escandaloso", indicou o secretário, "foi o da votação do crédito especial para construir uma escola, adquirir livros didáticos, pagar ônibus comprados para atender aos escolares entre outros benefícios para a população. A oposição ficou contra porque queria que a Prefeitura pagasse mais do que o valor definido conforme o mercado dos lotes em que a escola será construída. Uma ação contra a economia popular, um autêntico atentado contra a população de menor renda do Conde e a favor dos proprietários dos terrenos", argumentou.

O secretário lembrou que recentemente uma escola foi invadida por um oposicionista e a direção acusada de praticar ideologia de gênero, o que aconteceria sob orientação da Prefeitura: "Mais um delírio desastroso, ruim para aquela comunidade escolar atingida que se sentiu assediada e ruim para a própria oposição que se revelou desinformada", acusou o secretário. Ele afirma que "esses são alguns exemplos péssimos de uma oposição que merece respeito, mas que, antes, precisa aprender a se respeitar primeiro através de ações coerentes e não preconceituosas, sem mentiras como dizer que a Prefeitura estava cobrando dos evangélicos para realizar cultos nas praças quando, na verdade, as igrejas são isentas de qualquer taxa".


Da Redação com Secomd

Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.