Ator entra na Justiça para censurar entrevista do SBT




Dado Dolabella se arrependeu de dar uma entrevista ao Fofocalizando, do SBT, na última sexta-feira, 25.

Ele abordou assuntos polêmicos e entrou na Justiça para impedir a exibição da reportagem.

Na conversa, o ator falou sobre seu término com Luana Piovani. Um dos apresentadores do programa, Leo Dias, revelou que Dolabella justificou o fato de ter batido na atriz numa boate, em 2008. "Acreditem: ele até justifica o fato de ter batino na Luana! Como se alguma razão justificasse agredir uma mulher. Que país é esse?", criticou no Twitter.

Diante da gravidade da declaração, Dado Dolabella enviou uma carta à emissora, ameaçando entrar com um processo se o conteúdo for ao ar.

O repórter Gabriel Cartolano, responsável pela matéria, disse na edição do Fofocalizando de segunda-feira, 28, que está negociando a publicação com o artista e que avisou previamente o que ia lhe perguntar. Além disso, Lívia Andrade destacou que a entrevista durou duas horas.

Leo Dias considerou uma falta de respeito a atitude. "Dado fez toda uma equipe de idiota. Depois reclama que nunca mais conseguiu lugar em uma emissora de TV", escreveu no Twitter.

Mesmo sabendo que suas declarações podem comprometer seu emprego no SBT, o apresentador disse que a entrevista precisa ir ao ar "pelo bem das mulheres deste País".




Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.