Ads Top

Bebê morre em hospital na PB e irmã acusa médico de ter forçado parto normal




Uma moradora do município de Solânea, no Agreste paraibano, publicou uma mensagem em rede social lamentando a morte da irmã, Maria Alícia. Valéria Silva conta que o médico forçou o parto normal, houve complicações e que foi necessário acionar uma médica e transferir a mãe dela para Guarabira, no Brejo paraibano. Lá, a mulher foi salva.

Valéria aponta que a mãe esteve por duas vezes dias antes no hospital, mas o médico sempre a encaminhava para casa e dizia que não era a hora do parto, mesmo com as queixas de dor. Valéria também diz que o parto deveria ter sido do tipo cesariana, mas que o médico assegurou ao padrasto dela e esposo da gestante que faria o parto normal.

Em resposta enviada ao ClickPB, a Secretaria de Estado da Saúde informou que "vai iniciar uma investigação para apurar o caso e as responsabilidades serão discutidas no conselho de ética da Secretaria."

Veja o depoimento da irmã do bebê morto no parto:








Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.