CRIME EM FAMÍLIA: Tia e sobrinho estão envolvidos em execução, na Capital




De acordo com o delegado Hugo Hélder, a polícia estava em diligências e descobriu que está confirmado que o homem que deu entrada  com um ferimento na virilha, teve participação no assassinato da manhã desta terça-feira (29), no bairro de Mangabeira.

A tia, que estava no hospital, conversou com os policiais e em seguida foi levada para a Central de Polícia, no bairro do Geisel. Segundo Hugo Helder, a partir de imagens de câmeras de segurança de estabelecimentos da região foi possível perceber que ela estava na cena do crime dando cobertura aos suspeitos.

"Nós nos juntamos e fomos até o Trauminha quando chegamos, para nossa surpresa, ficou constatado que a pessoa que teria sido uma terceira vítima, atingida na virilha, caiu em contradição e por ser uma pessoa já conhecida investigado no meio criminal, nós conseguimos perceber que ele possivelmente seria um dos envolvidos. Chegamos à conclusão preliminarmente de que ele foi guardar a pistola na cintura e a pistola fez um disparo acidental", disse Hugo Hélder.

A mulher teria dado cobertura a aos executores do crime, segundo o delelgado.

"Fomos até as residências dos envolvidos, já que se encontravam em uma situação de flagrante delito, e também imagens foram coletadas no local. As imagens São claras e mostram a a tia de um dos suspeitos passando e dando cobertura no exato momento em que o rapaz é morto. Ela passa em uma motocicleta grande e, logo em seguida, vem dois rapazes, que já estão mais ou menos identificados, um deles seria o Jonas e outro optamos por não divulgar o nome", afirmou.

As vítimas do ataque da manhã desta terça-feira (29) também teriam envolvimento com o crime, de acordo com a polícia.

"Nós temos uma linha de investigação e as pessoas citadas na investigação já são envolvidas na área da criminalidade. As vítimas do homicídio e tentativa de homicídio também tinham envolvimento com o crime. Munições foram encontradas na casa da tia do Jonas e na casa do Jonas foram encontrados seis munições de fuzil, também estojos de munições de outro calibre e dois carregadores de ponto 40 que justamente a arma utilizada no crime", finalizou o delegado.

O crime

Um homem foi assassinado e duas pessoas ficaram feridas na manhã desta terça-feira (29),  em João Pessoa. De acordo com a Polícia Militar (PM), uma pessoa em uma motocicleta é suspeita do assassinato.

O crime ocorreu na Rua Diógenes Gomes da Silva, no bairro de Mangabeira, por volta de 7h.

Segundo informações repassadas pela PM, Jéferson Ferreira Melo, de 20 anos, era condutor do veículo e morreu no local após ser baleado; uma das passageiras também ficou ferida, assim como, um homem que passava pela rua no momento do ataque. Dentro do carro, também estavam duas crianças e a mãe do motorista assassinado, que não ficam feridas.

As vítimas foram socorridas em um carro particular para o Complexo Hospitalar de Mangabeira Tarcísio de Miranda Burity, o Trauminha.





Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.