Motorista baleado por PM em pizzaria recebe alta após 36 dias




O jovem Rosivaldo Oliveira, de 22 anos, teve alta na noite dessa sexta-feira (18), após passar 36 dias internado por ter sido baleado em ação de um policial militar em uma pizzaria de João Pessoa. Outra vítima desse mesmo caso não resistiu aos ferimentos e morreu.

Rosivaldo usou as redes sociais para postar uma imagem com a legenda ‘eu voltei’ e a informação sobre a alta foi confirmada ao Portal Correio na manhã deste sábado (19) pelo Hospital de Trauma da Capital. Veja a imagem acima.
Rosivaldo é motorista de aplicativo e foi baleado quando chegava de carro com passageiros a uma pizzaria do bairro do Bessa, na Zona Leste. Um policial militar que estava no local deduziu que o grupo de rapazes do carro seria de assaltantes e abriu fogo.

Fausto Targino Júnior, de 25 anos, morreu no local. Rosivaldo foi socorrido para o Trauma em situação grave, onde passou mais de um mês internado. Os passageiros eram amigos que estavam indo comemorar um aniversário na pizzaria.

O soldado Vieira, policial que atirou, foi afastado das funções pelo Comando da Polícia Militar na Paraíba e seguiu para tratamento psicológico. O delegado responsável pelo caso, Paulo Josafá, confirmou na época que o suspeito deverá responder por homicídio qualificado.








Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.