Ads Top

O SILÊNCIO DA IGREJA: Condenada a pagar R$ 12 mi por escândalos sexuais, Arquidiocese da PB não se pronuncia


Em meio a repercussão diante da reportagem jornalística exibida pelo programa Fantástico, da TV Globo, a Igreja Católica na Paraíba decidiu não se pronunciar sobre as acusações envolvendo supostos abusos sexuais a menores de idade. Os casos passaram a ser investigados pelo Ministério Público após o vazamento de uma carta-denúncia. Os crimes teriam, inclusive, o envolvimento do ex-arcebispo do estado, Dom Aldo Pagoto.

Em nota, a Igreja Católica da Paraíba não respondeu aos questionamentos da equipe de reportagem. A instituição informou apenas que não se manifesta sobre os fatos e aspectos relacionados ao processo judicial, em virtude da tramitação do caso que segue em segredo de Justiça.

A condenação para a Arquidiocese da Paraíba foi divulgada em novembro de 2018, na justiça do trabalho, por exploração sexual.

A indenização foi estipulada em 12 milhões de reais (equivalente a R$ 1 milhão para cada ano de Dom Aldo Pagoto esteve à frente da instituição). O dinheiro deve ser usado para ações sociais.


Foto: Ilustração/Google


Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.