Ads Top

OPINIÃO: Michelle, a discreta e empoderada primeira dama



Com sorriso discreto, sem joias espalhafatosas, penteado exuberante, vestido chamativo ou qualquer coisa que chamasse mais atenção do que o necessário, Michelle Bolsonaro deixou muito claro que ocupará um importante papel no governo do seu marido. Não falo de importância no processo decisório, mas em trazer à discussão causas muitas vezes esquecidas, como a dos deficientes auditivos.

A jovem primeira dama definitivamente não será um ‘adereço’, ao contrário, deixou claro que seu lugar é de protagonista. Contudo, ela não o fará criando uma ‘guerra dos sexos’, mas cumprindo com alegria e singeleza, sua parte na missão na qual cooperará com seu marido.  

Desse modo Michelle já entrou para história por ter discursado na posse do marido, mais ainda por ter feito seu pronunciamento em Língua Brasileira de sinais – Libras.   Aliás, foi um discurso emocionante.

A empoderada Michelhe fez ecoar as vozes de quem não pode falar. Lembrou que o povo brasileiro quer de verdade “segurança, paz e prosperidade. Um país em que sejamos todos respeitados”.   

Estou ansioso para ver o que dizem feministas e ativistas da esquerda. Quero ler e ouvir suas falas sobre a discreta e empoderada primeira dama que entra para história ao discursar na posse de um Presidente da República.

Será que irão reconhecer que ela os surpreendeu ou simplesmente desdenharão da moça e darão pouco valor ao discurso e ao significado histórico do que aconteceu hoje em Brasília?

Seja qual for a postura dos que se dizem defender as minorias e movimentos sociais de um modo geral, penso que com sua efetiva participação na Cerimônia de Posse, Michelle Bolsonaro deu um duro golpe nos que atacam o seu marido.

A jovem esposa do presidente emocionou milhões e mostrou-se empoderada, discreta e protagonista.



Ponto.



Caco Pereira 



Um comentário:

  1. Indiscutivelmente mostrou para o que veio! Definitivamente não é para quem quer, mas para àqueles a quem Deus escolhe! Como José que foi vendido como escravo e chegou a ser Governador. Glórias a Deus! Que O Senhor dos Exércitos conduza nosso Brasil pelas mãos de nossos representantes!

    ResponderExcluir

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.