Padre é afastado pela Arquidiocese da PB, após ser citado em denúncias de abuso sexual




Citado em depoimentos que dão conta de uma polêmica envolvendo abusos sexuais na Igreja Católica da Paraíba, o padre Rui Braga, foi afastado das atividades pela Arquidiocese do estado. A informação foi confirmada nesta terça-feira (29) por integrantes da instituição.
Recentemente, em uma publicação nas redes sociais, o religioso referiu-se à repercussão do assunto como “conteúdo requentado no calor de um ódio sem precedente a nossa igreja”.

O nome do padre Rui Braga foi citado junto a outros três sacerdotes apontados como responsáveis pelos abusos sexuas menores de idade. Por conta disso, a Justiça do Trabalho condenou a Arquidiocese da Paraíba ao pagamento de R$ 12 milhões.

O afastamento do religioso teria sido determinado pelo então Arcebispo da Paraíba, Dom Manoel Delson. Além do afastamento, a Arquidiocese abriu um procedimento interno para investigar as denúncias. Até o fechamento desta matéria, não havia sido emitido nenhum tipo de pronunciamento público do padre Rui Braga pelas redes sociais.


Portal T5 

Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.