Ads Top

"Vamos deixar de ‘mi mi mi’, vamos trabalhar" dispara Karla Pimentel sobre a oposição em Conde




Nem bem teve seu nome apontado como ‘candidata’ do presidente Jair Bolsonaro no Conde, a advogada Karla Pimentel já viu surgirem questionamentos dentro dos blocos de oposição ao governo municipal.

O vereador Fernando Araújo (Avante), fez questão de ir aos grupos de WhatsApp para dizer que não vota em Karla, nem em Aluísio Régis. O parlamentar ainda asseverou que é também pré-candidato a prefeito.

A advogada então respondeu ao parlamentar dizendo que sua pré-candidatura sempre foi condicionada a não intenção de Aluísio Régis em concorrer, mas que o convite do PSL para que ela assumisse o partido no município gerou notícia e que tem o direito de se lançar. Karla ainda disse que não tem problema em declinar de sua pré-candidatura, em favor de um nome que represente um pensamento semelhante ao seu.

Para Karla alguns dos agentes políticos que teoricamente são oposicionistas precisam se posicionar. “Muitos dos candidatos que estão aí não se posicionam politicamente, não dizem o que pensam, não dizem o que querem, não dizem o que acham. Ficam calados para receber as benesses de quem está calado e quem não faz oposição”, disse

Ela deixou claro que a discussão quanto a convergência deverá acontecer no futuro e que a oposição deverá unir-se em torno de um único nome, mas que o momento agora é de cada um apresentar-se e trabalhar. “Vamos deixar de mi mi mi! Vamos trabalhar minha gente. Vamos trabalhar, porque depois a gente soma, compõe e leva essa prefeitura e trás a cidade pra o povo do Conde. Hoje entre numa prefeitura, não ver ninguém conhecido. Eles não conhecem nossa história, nossa vida, não sabem as nossas expectativas. Está sendo uma gestão de cima pra baixo, massacrando muita gente. Então eu acho que isso é mais importante. O eu, o tá olhando pra o 'umbiguinho' não vale a pena não. Vamos olhar para o coletivo, vamos trabalhar com uma propositura. Fortaleça cada um o seu nome, mais tarde a gente converge. Não vamos divergir e começar uma guerra agora não, porque não tem motivo pra isso”, finalizou




Da Redação



Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.