“Carlão é perseguido em virtude de sua origem humilde”, dispara presidente do PROS


O presidente municipal do PROS Cristiano Almeida comentou a decisão em caráter liminar que atende o pedido de  Marcílio do PMN, para impedir a posse de Carlão do Cristo na Câmara Municipal de João Pessoa, na vaga antes ocupada pelo agora deputado estadual Eduardo Carneiro (PROS).

Para Cristiano, Carlão está sendo prejudicado por puro preconceito em virtude de sua origem humilde. “Rapaz, Carlão é um camarada simples, humilde, não é abastado financeiramente e por isso as pessoas acham que podem simplesmente prejudicá-lo. Mas eles estão enganados. Carlão é do povo e o povo está com ele. Nosso partido vai lutar em favor da legitimidade do mandato de Carlão”.

Almeida informou ainda que o próprio Carlão já está entrando com agravo de instrumento para reverter a decisão. “A assessoria jurídica dele já está entrando com agravo. Nosso partido deverá tomar suas providências também. E digo mais: segunda-feira nós iremos lotar a CMJP exigindo que o legítimo vereador tenha seu lugar garantido. Não vamos admitir que aventureiros que são manipulados por oportunistas tentem usurpar o direito legítimo de Carlão e do PROS”.

Almeida finalizou repetindo que em sua opinião Carlão é vitima de preconceito social. “É preconceito sim, da pior espécie. Carlão é perseguido em virtude de sua origem humilde”, concluiu.


Da Redação


Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.