Ads Top

IMPECÁVEL: Demian Maia finaliza Lyman Good no primeiro round do UFC Fortaleza


A experiência de Demian Maia fez a diferença em seu duelo com Lyman Good no card principal do UFC Fortaleza, neste sábado (02). Em ‘demonstração de luxo’ de jiu-jítsu, o brasileiro finalizou o norte-americano com um mata-leão a 2m38s do primeiro round. Assim, o veterano encerrou uma sequência de três derrotas no Ultimate. Seu último triunfo havia sido em maio de 2017, quando venceu Jorge Masvidal no UFC 211.

Mesmo com a bela apresentação, Maia ainda pensa em ‘pendurar as luvas’ após encerrar as duas lutas de seu contrato com o Ultimate. "É sempre a minha estratégia a finalização. Enfrentei um adversário bem mais forte que eu, mas sei que o jiu-jítstu é diferente. Tenho mais duas lutas nesse contrato e talvez me aposente depois. Vamos ver o que vai acontecer", explicou Demian.

A luta

Demian começou o combate atacando as pernas e levando o rival para o chão. A torcida ficou empolgada com o ataque do veterano e gritou "Uh! vai morrer". Maia montou nas costas de Good que tentou sair do mata-leão, mas a pegada do brasileiro foi forte. Assim, o norte-americano bateu em desistência.

Em reviravolta, Charles do Bronx finaliza David Teymur no segundo round
Charles do Bronx finalizou David Teymur com triângulo de mão a 55s do segundo round na luta no card principal do UFC Fortaleza. No entanto, o resultado não mostrou o que o brasileiro precisou enfrentar dentro do cage. Depois de superar um dedo no olho no início do combate, Oliveira deu a volta por cima, tentou um nocaute e acabou o combate com uma nova finalização.

Do Bronx soma a terceira vitória seguida e a acabou com a invencibilidade de Teymur no Ultimate. Com o triunfo, o brasileiro já pediu a organização uma nova luta no UFC Miami em abril deste ano.

"Quando levei o golpe no olho falei que não estava enxergando do lado direito. Só que Deus é muito forte e não me abandona nunca. Quando estou aqui no octógono só penso em lutar. Não sou o melhor, eu treino para isso e estou evoluindo na minha trocação. Não sei quem é o próximo. Quero lutar em Miami. Me dê uma luta em abril que eu estou preparado", disse Charles.

No início do combate Teymur acertou os dedos nos olhos de Charles. Com isso, o árbitro tirou um ponto do sueco. O confronto recomeçou, e um golpe de David fez o brasileiro cair. O lutador de Stockholm entrou na guarda do oponente e Do Bronx reclamou com a arbitragem. Oliveira conseguiu um knock down, mas acabou ficando por baixo após a reação do rival. O duelo voltou a ficar em pé e o atleta do Guaruja tentou aplicar um chute rodado que passou no nada.

Do Bronx atacou o sueco com uma cotovelada de baixo pra cima. O golpe fez com que David sentisse e fosse para a grade. Percebendo a situação do rival, Charles continuou batendo. Sem conseguir o nocaute, o brasileiro utilizou sua especialidade e finalizou Teymur com triângulo de mão.

Brutal! Johnny Walker nocauteia Justin Ledet em apenas 15 segundos

Johnny Walker mostrou ao Ultimate que deixou de ser uma promessa e agora é uma realidade na divisão dos meio-pesados. Em apenas 15 segundos, o brasileiro nocauteou Justin Ledet e somou a segunda vitória na franquia.

Ainda dentro do cage o lutador de Belford Roxo pediu um novo rival. “Foi muito fácil, quero lutar de novo. Alguém quer lutar comigo aí? Russo, americano? Estou pronto. Eu faço o que eu amo, eu nasci para isso. Faço show para vocês."

O brasileiro partiu pra cima do rival desde o primeiro segundo do combate. Walker colocou uma sequência de chute rodado e cotovelada que fizeram Ledet cair no chão. Logo depois, Johnny jogou um chute que passou raspando e uma vários socos que levaram Justin ao nocaute.

Em duelo entre brasileiras, Livinha Souza venceu Sarah Frota por decisão dividida

Livinha Souza e Sarah Frota abriram o card principal do UFC Fortaleza com um duelo disputado nos pesos palhas feminino. Após três rounds com muito jiu-jítsu, ‘Brazilian Gangster’ venceu ‘Treta’ dos juízes (29-28, 28-29, 29-28). Assim, a atleta de Araraquara soma a segunda vitória no Ultimate.

O confronto entre as brasileiras começou muito técnica. Livinha colocou a rival no chão e Sarah tentou aplicar uma guilhotina, mas não conseguiu fechar. Frota por cima jogou golpes no rosto da oponente que resistiu. Souza se levantou e levou a luta para a trocação. A atleta de Araraquara pegou a adversária no single lag, derrubou, ficou em cima e castigou a compatriota. Assim, terminou o round.

Buscando reverter o resultado, Sarah aplicou golpes na oponente e levou a luta para o chão novamente. Frota puxou a rival para a sua guarda e assim, não deixou com que ‘Livinha’ não conseguiu aplicar golpes contundentes. Sem combatividade, a árbitra colocou o combate em pé, mas a luta foi para o solo novamente. Lívia conseguiu se levantar e iniciou uma trocação com a oponente no centro do cage. Souza quedou e pôs uma guilhotina, mas não foi efetiva no estrangulamento. Mais um assalto chega ao fim.

O último assalto iniciou com o ataque de Livinha em baixo na rival que respondeu com socos. Sarah conseguiu a queda e começou a castigar a compatriota que revidou com uma chave de perna. Livia caiu no chão e não levantou, mas Frota permaneceu em pé tentando acertar chutes. A árbitra pediu para Souza levantar. Sem mais tempo pra nada o combate chegou ao fim.

Resultados do UFC Fortaleza

Peso galo: Marlon Moraes finalizou Raphael Assunção com uma guilhotina a 3m17s do R1
Peso pena: José Aldo derrotou Renato Moicano por nocaute técnico a 44seg do R1
Peso meio-médio: Demian Maia finalizou Lyman Good com um mata-leão a 2m38s do R1
Peso leve: Charles do Bronx finalizou David Teymur com triângulo de mão a 55s do R2
Peso meio-pesado: Johnny Walker derrotou Justin Ledet por nocaute técnico a 15s do R1
Peso palha: Livinha Souza derrotou Sarah Frota na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Card Preliminar (20h, horário de Brasília)
Peso médio: Markus Maluko finalizou Anthony Hernandez com um triângulo de mão a 1m07s do R2
Peso mosca: Mara Romero Borella derrotou Taila Santos na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)
Peso meio-médio: Thiago Pitbull derrotou Max Griffin na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)
Peso pesado: Jairzinho Rozenstruik derrotou Júnior Albini por nocaute técnico a 54s do R2
Peso pena: Geraldo de Freitas derrotou Felipe Cabocão na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-26)
Peso galo: Said Nurmagomedov derrotou Ricardo Carcacinha por nocaute técnico a 2m38s do R1
Peso mosca: Rogério Bontorin derrotou Magomed Bibulatov na decisão unânime dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)



Foto: Carlos Eduardo


Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.