Ads Top

Litoral paraibano tem 14 praias impróprias para banho neste fim de semana



Quem deseja se divertir no litoral paraibano neste fim de semana deve ficar atento aos locais impróprios divulgados pela Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema).

De acordo com o órgão, 14 praias apresentam riscos aos banhistas. No entanto, outras 42 praias do litoral paraibano estão apropriadas para o banho, informou o relatório. A qualidade da água varia entre excelente, muito boa e satisfatória.

Em João Pessoa, a praia do Bessa I está imprópria para o banho na Avenida Presidente Afonso Pena, próximo ao Maceió; a praia de Manaíra, não está apropriada ao banho na faixa de 100m à direita e a esquerda nos seguintes trechos: em frente à quadra de Manaíra, na avenida João Maurício; ao final da Rua Jacinto Dantas, em frente à galeria pluvial no final da Ruy Carneiro e em frente à Rua Elizeu Candido Viana; a praia do Cabo Branco deve ser evitada em frente à Rua Gregório Pessoa de Oliveira; Rua Áurea, próximo à galeria pluvial; em frente à rotatória da Av. Cabo Branco; e no Farol, onde há uma galeria de água pluvial.

Ainda na capital paraibana, a praia da Penha está classificada como imprópria nas proximidades da desembocadura do rio Aratu; a praia de Jacarapé, em frente à desembocadura do Rio Jacarapé; e a praia do Arraial, em frente à desembocadura do Rio Cuiá.

No município de Cabedelo, no Litoral Norte, os banhistas devem evitar a praia do Jacaré no trecho à direita do estuário do rio Paraíba; apraia de Camboinha, ao fim da rua Benício de Oliveira; a praia do Poço, ao fim da rua Santa Cavalcante, e próximo a desembocadura de galeria pluvial; e a praia de Ponta de Campina, nas proximidades da galeria de águas pluviais que desembocam no mar.

Já no município de Pitimbu, a Sudema recomenda não tomar banho em quatro praias: Bela, na desembocadura do maceió; Pitimbú, ao final da Rua da Paz; Maceió, em frente à desembocadura do Riacho Engenho Velho; Acaú/Pontinha, nas margens do Rio Goiana.

A recomendação da Sudema é que os banhistas fiquem distantes cerca de 100 metros à direita e à esquerda dos trechos apontados como impróprios.





Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.