Polícia prende dupla suspeita de integrar esquema de venda de itens roubados em redes sociais



Dois homens foram presos nesta quarta-feira (13), suspeitos de integrarem um grupo criminoso de receptação de mercadoria roubada. Os produtos eram posteriormente comercializados na internet, em grupo de redes sociais e sites de vendas. A prisão aconteceu no bairro do Geisel, na Zona Sul de João Pessoa.

De acordo com o delegado Carlos Othon, da Polícia Civil, a suspeita é que os suspeitos têm ligações com grupos que praticam esses roubos. A mercadoria seria repassada para a dupla que comercializava com preços muito abaixo do mercado.
"Temos informações de que essa dupla vinha agindo já há algum tempo. Eles são especializados em pegar objetos roubados de estabelecimentos e residências e, através de grupos de vendas de WhatsApp, nas redes sociais e na OLX, eles fazem a venda desses objetos com um preço inferior", relatou o delegado.

"Nós acreditamos que eles tem contato com associações criminosas voltadas à prática de furto e arrombamento. Os produtos desses crimes são repassados, eles fazem essas receptações e colocam em grupos para vender", disse.

Mochilas infantis, bolsas femininas e masculinas foram encontradas com os suspeitos, mas acredita-se que a quantidade de produtos é maior, de acordo com o delegado.

"Esses produtos foram apreendidos no exato momento em que eles estavam vendendo. A equipe de investigadores pôde presenciar o exato momento em que eles faziam a transação", relatou.

"Um deles foi preso no bairro do Geisel e em novas diligências na residência de familiares conseguimos aprender o outro e as demais mercadorias", finalizou.






Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.