Geo diz estar empenhado para esclarecer estupro na escola


O Colégio Geo se pronunciou, no início da noite desta segunda-feira (11), sobre o caso de estupro de um garoto de 8 anos dentro do banheiro da escola que culminou, na manhã de hoje, com a apreensão de três adolescente suspeitos da autoria do abuso sexual.
Em nota, a instituição de ensino diz que tem buscado junto às autoridades policiais a apuração dos fatos.
“Em respeito à privacidade dos menores envolvidos, o procedimento tramita em segredo de justiça e no âmbito do Poder Judiciário.
O Colégio está empenhado no esclarecimento integral da verdade”, acentua a nota.

O caso já vinha sendo investigado há um ano. Os adolescentes apreendidos nos bairros de Manaíra e Tambauzinho, na Capital, foram encaminhados para a Central de Polícia e, posteriormente, para o Centro Educacional do Adolescente (CEA).

Confira nota do Geo sobre o caso

“A partir do momento que tomou conhecimento da notícia, o Colégio GEO tem buscado junto ao Poder Público a apuração dos fatos. Em respeito à privacidade dos menores envolvidos, o procedimento tramita em segredo de justiça e no âmbito do Poder Judiciário.  O Colégio está empenhado no esclarecimento integral da verdade”.






Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.