OPINIÃO: Sobre Bolsonaro, o vídeo polêmico e a confusão ideológica desse país



1. PRESIDENTE: Tá na hora de parar de 'showzinho' e começar a atuar efetivamente como maior autoridade política dessa nação. Espero o mínimo de decoro da pessoa a quem confiei meu voto para presidir essa nação.

É sim inadmissível que o presidente da República haja nas redes sociais ou em qualquer lugar, desse modo.

2. Globo, PT, PSOL, MST, FOLHA, UOL Ciro, João, Maria, artistas, ativistas, feministas, LGBTQRSTUVXZYWÇ e quem mais couber aqui: Parem de agir de modo hipócrita, vocês publicam e ou protagonizam diariamente coisas desse naipe e até pior.

Não pousem de paladinos da moral, dos bons costumes. Vocês NÃO SÃO!

3. CONSERVADORES - decidam: Vocês são contra esse tipo de exposição ou se posicionam 'a gosto do freguês'? O que Bolsonaro fez não cabe sob nenhuma ótica no viés conservador e muito menos dentro de uma ótica conservadora cristã.

O que ele fez foi infantil, feio, imoral, ofensivo e acima de tudo, desnecessário. Eu não posso denunciar algo terrível publicizando sua ‘horribilidade’. Então essa justificativa é tosca!


Votei porque acreditava e continuo acreditando que era, e é, o melhor nome dentro do contexto que essa nação ainda vive. Mas não sou o tipo que aplaude tudo ou contemporiza aquilo que não consegue aplaudir.

Ademais, essa é hora de parar com essa ‘politicazinha’ tacanha e cada um passar a cumprir o seu papel dentro do novo desenho político dessa nação.

Quem é Governo, governe com organização, coerência e compromisso com a nação.

Quem é oposição, cumpra seu papel de fiscalizar, denunciar e agir de modo a cooperar com a nação.




Os demais, procuremos nossas funções.




Ponto.








Ricardo Pereira


Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.