Secitec fecha primeiro ciclo de formação de 2019 e entregará 890 certificados nesta quarta-feira


A Secretaria de Ciência e Tecnologia  (Secitec) da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) fechou o primeiro ciclo de formação de 2019 com cerca de 900 certificados gerados. A entrega dos diplomas acontecerá nesta quarta-feira (20), às 19h, em uma solenidade no auditório do Centro Administrativo Municipal (CAM). Na ocasião, também serão entregues certificados de adesão ao Polo Extremo Oriental das Américas (Extremotec) para novas empresas.


No início do processo, foram abertas 1800 vagas para os seis cursos e, destes, a Secitec comemora a entrega de 890 certificados. Em 2018, a pasta entregou  cerca de 1000 certificados de conclusão de cursos e tem a pretensão de chegar a 4000 certificados entregues em 2019. “Estamos aumentando o número de cursos e as vagas para que possamos chegar em mais residências em João Pessoa. Em 2019, vamos quadruplicar o número de certificados entregues”, disse  o secretário.


Para este primeiro ciclo de formação do ano a pasta disponibilizou seis cursos on-line, sendo quatro deles com certificação internacional conferida pela Cisco Networking Academy, fruto de uma parceria da Secitec com a multinacional americana. Entre os cursos estão: Introduction to Cybersecurity (Introdução à Segurança da Informação), Entrepreneurship (empreendedorismo), Get Connected (Conecte-se) e Introduction to IoT (Internet das coisas), Introdução do Design com Photoshop e Introdução do Design com Corel Draw.

“Estamos aproveitando os benefícios da tecnologia para investir em educação. Essas pessoas precisam ocupar os espaços que são delas, de trabalhadores qualificados e assim gerar o motor da economia. Estamos satisfeitos em notar que a taxa de abandono tem diminuído e a procura por novos cursos aumentado”, afirma o secretário.


A cerimônia de entrega de certificados também será importante para cinco novas empresas que deram entrada para aderir ao Extremotec. Essas empresas, além de usufruir dos benefícios inerentes aos afiliados do Polo, também terão à disposição um banco de dados, com mão de obra especializada, composto por alunos formados pela secretaria. “É uma via de mão dupla. Estamos trabalhando para fazer o Polo funcionar para gerar emprego e renda para a cidade e, paralelamente, estamos capacitando mão de obra para este mercado”, termina Durval.




Inscrições para o 2º ciclo de 2019


Os alunos que não conseguiram fazer a matrícula ou, por algum motivo não concluíram os cursos, terão uma nova oportunidade no segundo ciclo de formação de 2019 que tem previsão de início em meados de abril. As inscrições estarão abertas, no site da prefeitura, uma semana antes da liberação da plataforma para início das aulas.


Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.