Ads Top

Grávida de 8 meses é morta a tiros; família suspeita de ex-namorado




Grávida de oito meses, Gabriele Rodrigues Dias foi morta a tiros na noite desta segunda-feira, em Padre Miguel, na Zona Norte do Rio. A família da vítima aponta o ex-namorado dela, Renato Caldas, como o autor do crime. Segundo a Polícia Militar, o bebê também não resistiu.

Gabriele foi encontrada morta, mas chegou a ser levada para o Hospital Municipal Albert Schweitzer, em Realengo, na Zona Oeste, onde os médicos tentaram salvar o menino, que receberia o nome de Anthony.

A Polícia Civil informou que um inquérito policial foi aberto pela Delegacia de Homicídios da Capital (DH/Capital) para apurar as circunstâncias do caso. Agentes realizaram perícia no local do crime, na Rua Nova Canaã. As investigações estão em andamento em busca do suspeito.

Parentes e amigos de Gabriele publicam mensagens de despedida nas redes sociais, lamentando o episódio e cobrando justiça, para que o ex-namorado seja encontrado pelos policiais.

"Meu coração sangra de dor, não tem como não se chocar. Uma mulher linda, cheia de vida, que simplesmente foi impedida de ser mãe, ser mulher, de estar viva. O feminicídio não é um fato que está distante, está aí ao alcance das mãos e dos olhos de qualquer uma de nós. Que Deus a receba com muito carinho, nossa menina de sorriso fácil, nossa doce Gabi Rodrigues, que os dois anjinhos sejam envoltos na luz e conduzidos ao melhor caminho", afirmou uma usuária do Facebook, acrescentando a hashtag #lutopormaisumamulher ao seu post.






Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.