Ads Top

Lula fica calado em depoimento sobre suspeitas de corrupção



O ex-presidente Lula preferiu ficar em silêncio no depoimento realizado nesta 6ª feira (5.abr.2019) na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. Seguindo orientação de sua defesa, o petista alegou não ter acesso aos documentos da investigação e ficou calado.

“A defesa não teve acesso aos autos do inquérito e pediu para que o depoimento seja realizado depois do acesso à íntegra dos documentos. Ninguém é obrigado a depor sobre documentos ocultos”, disse o advogado  Cristiano Zanin.

As informações são do UOL.

A PF declarou que a defesa de Lula teve amplo acesso aos papéis dos inquérito.

Ele é investigado em 2 inquéritos sobre suspeitas de corrupção. O 1º investiga o pagamento propinas pela Odebrecht em contratos ligados à construção de navios-sonda pela Sete-Brasil. O 2º, a formação de 1 suposto cartel de construtoras para a obra da usina hidrelétrica de Belo Monte.

O petista está encarcerado desde 7 de abril de 2018 na Superintendência da PF (Polícia Federal), em Curitiba, após ter sido condenado por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá (SP).



Foto: Paulo Whitaker/Reuters

Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.