Mulher que fingia gravidez de quíntuplos para arrecadar doações é presa




Uma mulher de 28 anos que confessou fingir uma gravidez de quíntuplos para arrecadar doações em dinheiro e mantimentos foi presa pela Polícia Civil pelo crime de estelionato. Ocorrida na quinta (11) em Goiana, no Grande Recife, a prisão da falsa gestante foi divulgada nesta sexta (12). (Veja vídeo acima)

Rinielly Oliveira da Silva confessou ter praticado o golpe, através do qual recebeu berço, enxovais e alimentos. Segundo o delegado Herbert Martins, o caso começou a ser investigado quando algumas pessoas procuraram a polícia suspeitando da gravidez da mulher. “As pessoas que fizeram as doações começaram a desconfiar, então abrimos um inquérito”, conta.

O delegado também conta que a mulher não utilizava enchimentos na barriga para fingir os seis meses de gestação. “Notava-se a barriga dela um pouco avolumada e ela mostrava isso para reforçar a gravidez”, diz.

A ausência de acompanhamento médico na rede pública de saúde também reforçou as suspeitas da polícia. “Não tinha mobilização de nenhuma equipe multidisciplinar para prestar atendimento”, afirma o delegado.

Ao ser interrogada pelos policiais, a mulher admitiu a prática do crime de estelionato. “Ela diz que foi coagida por uma pessoa para fazer isso. Fala que foi amaldiçoada por magia negra para arrecadar doações para uma falsa gravidez”, declara Herbert Martins.

Através das investigações, as equipes descobriram que a mulher havia aplicado o mesmo golpe em 2014, fingindo outra gravidez. A Polícia Civil investiga se há outras pessoas envolvidas no crime e se há outras cidades próximas a Goiana em que houve aplicação do golpe.





Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.