VIOLÊNCIA: Alunos relatam terror durante tiroteio na UEPB





'Pensamos que era um massacre': alunas relatam momentos de terror durante tiroteio na UEPB

Duas alunas relataram como foi a reação dos alunos do curso de História da UEPB durante um assalto a um carro forte no campus de Campina Grande na manhã desta segunda-feira (1°). 

De acordo com duas alunas, a princípio pensou-se que eram estudantes fazendo baderna, mas depois ouviram os tiros e viram pessoas correndo e acreditaram que seria uma tentativa de massacre, como aconteceu em uma escola em Suzano, São Paulo, recentemente.

"A gente pulou da janela do primeiro andar, muita gente ficou empurrando o birô na porta, pensamos eles estavam vindo de sala em sala e que era gente para matar aluno", relatou.  

Uma das estudantes que pulou da janela quebrou o pé e foi socorrida pelo Samu. 

Os bandidos chegaram na Central de Aulas com as armas escondidas em cases de instrumentos musicais e esperaram o momento exato de agir. Houve troca de tiros com os seguranças. Um dos seguranças levou um tiro na perna. 
O clima de pânico aumentou porque os criminosos soltaram fogos de artifício e dar impressão de que eram mais tiros. 

A Polícia Militar e Bombeiros estão no local dando assistência, vários estudantes passaram mal e os criminosos estão sendo perseguidos pela polícia. 








Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.