Adolescente é morta a facadas pelo ex-namorado; suspeito e atraiu a vítima através de perfil fake





A adolescente de 17 anos, Gessiana Farias dos Santos, foi morta a facadas pelo ex-namorado em um ginásio de lazer de Guaraciaba do Norte, no norte cearense, nesta sexta-feira (10). Ela recebeu cerca de 17 golpes. O suspeito, um jovem de 19 anos, foi preso em flagrante e autuado por feminicídio. Ele atraiu a vítima através de um perfil falso em uma rede social, oferecendo emprego a ela.

Uma fonte da Perícia Forense afirmou que a vítima recebeu cerca de 17 perfurações na região do pescoço. O corpo da mulher foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Sobral.

No momento da prisão do ex-namorado, os policiais gravaram um vídeo em que Francisco Marcelo Freitas de Oliveira confessa o feminicídio. Ele afirma que matou a mulher depois de “passar humilhações” e também diz que ela o “trocou por um cara rico”.

Atraiu vítima com proposta de emprego

Segundo a Secretaria de Segurança do Ceará, em depoimento, o suspeito do crime revelou que criou um perfil falso em uma rede social na intenção de atrair a vítima até o local do crime. O ex-namorado se fez passar por uma recrutadora e simulou um encontro com a vítima fazendo-a acreditar que se tratava de uma entrevista de emprego.

Na hora e local acertados, Gessiana se deparou com o suspeito, que tentava reatar. De acordo com informações de policiais, após conversarem e a adolescente negar o pedido do rapaz, ele sacou uma faca e desferiu golpes contra a vítima.

Casal morou junto

A vítima estava no 2º ano do ensino médio. Segundo uma familiar, a moça e o ex-namorado já haviam morado juntos no município de Ipu, na casa do pai do suspeito. No entanto, o relacionamento não deu certo e a adolescente voltou para a casa da mãe, no sítio Saco das Carnaúbas, zona rural de Guaraciaba do Norte.

Os dois chegaram a reatar a relação, mas permaneceram em casas separadas. Com o término definitivo, o rapaz passou a ameaçar tirar a própria vida, informou a familiar da vítima. Ele era considerado uma "pessoa tranquila e que gostava muito dela", disse.

O suspeito foi preso em casa, em Ipu, cerca de seis horas após praticar o crime.

Há um inquérito policial sobre o caso instaurado na Delegacia Municipal de Guaraciaba do Norte.






Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.