“É preciso tomar uma posição sobre o assunto”, diz Nildo Lacerda acerca das diárias na Câmara de Conde



O vereador da cidade de Conde, Nildo Lacerda (PSB) foi às redes sociais neste domingo (9) para publicar um breve texto sobre uma série de matérias publicadas pelo Portal Paraíba Já, sobre gastos das Câmaras de vereadores das cidades paraibanas.

Ao reproduzir uma das matérias, Lacerda disse que sempre se colocou contra o que chamou de valores absurdos das diárias. Para o vereador, o uso dessa prática é desmedido e desarrazoado.

Para o socialista “É preciso tomar uma posição sobre o assunto, que há muito tempo vem sendo ignorado!”

De acordo com a publicação citada por Lacerda a Câmara de Conde sonega informações sobre as despesas com diárias e cursos que realizaram em 2018 ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB). Foram gastos naquele ano R$ 225.820 mil com diárias e R$ 52.394 mil com pagamento de inscrições para cursos e eventos.

Em setembro do ano passado, foi realizada a Inspeção Especial de Acompanhamento de Gestão, sob nº 15883/18, em que constava que os vereadores de Conde teriam gastado 5% a mais do valor de diárias em 2017 para a mesma finalidade. De janeiro a agosto de 2018, empenhos mostravam que a despesa já seria de R$ 149.760 mil, enquanto que em todo 2017, foram gastos R$ 142.400 mil.

De acordo com o documento, a Câmara de Conde é a “que mais gasta com diárias quando comparamos com o total das despesas executadas”. No primeiro semestre de 2018, estas despesas representavam 9,22% de todo o montante que executaram.

O TCE vem buscando desde o mês de setembro de 2018 solicitando o envio das comprovações e concedendo novos prazos para a entrega dos mesmos, mas não tem obtido êxito em fazer a Câmara de Conde enviar tais documentos.

A não apresentação destes documentos caracteriza sonegação e tentativa de impedir o controle externo do TCE-PB quanto às despesas efetuadas pelos 11 vereadores de Conde, que estão passíveis de serem multados em até 50% da despesa irregular, conforme é apontado no relatório da inspeção.



Da Redação com informações de Paraíba Já

Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.