Plenário aprova requerimento de Luciene de Fofinho e Secretária de Saúde será convocada para audiência na Câmara de Bayeux




Buscando trazer mais transparência para à população sobre a gestão municipal, a vereadora Luciene de Fofinho (PSB) solicitou, na sessão ordinária desta terça-feira (04), da Câmara Municipal de Bayeux, que a secretária de Saúde, Lenira Gabriela, seja convocada para prestar esclarecimentos sobre a sua pasta.

“Este pedido de convocação tem a finalidade de que esta Casa e a sociedade bayeuxense, possam tomar conhecimento de dados essenciais ao funcionamento da paste, de forma geral. Assim como esclarecer quais os parâmetros exigidos pelo Conselho Regional de Medicina, para o funcionamento da UPA e o motivo do seu fechamento”, explicou.

PEDIDOS DE INFORMAÇÕES

Luciene de Fofinho apresentou três requerimentos solicitando pedidos de informações, direcionados as secretarias de Educação e Administração, e ao Departamento Municipal de Trânsito de Bayeux (DMTRAN).

Ao secretário de Educação, Welthima Figueiredo, a parlamentar solicitou que seja encaminhada no prazo de 15 dias, todas as informações referentes às merendas das creches e escolas municipais, junto com as notas ficais referentes as compras, desde o dia 19 de dezembro de 2018, até o mês atual.

Já ao secretário de Administração, Antônio Luiz foi solicitado às informações sobre a folha de pagamento do Município do mês de janeiro, até maio deste ano, especificamente dos contratados e comissionados. A parlamentar ainda solicitou que seja encaminhada a cópia da folha sintética e analítica referente a todas as secretarias.

Ao DMTRAN foi solicitado por ela que sejam encaminhadas as notas fiscais das compras de combustíveis feitas pelo órgão e, também, os valores encontrados em caixa no início da gestão atual e quanto tem atualmente.

PROJETO DE LEI

Luciene de Fofinho também apresentou o Projeto de Lei nº 34/2019, que trata da exigência de apresentação do auto de vistoria do Corpo de Bombeiros, nas repartições públicas. A parlamentar defendeu o seu projeto, explicando que “é imprescindível à regulamentação de qualquer tipo de empresa com sede física pelo Corpo de Bombeiros, para a segurança do estabelecimento”.



Ascom Câmara de Bayeux
Foto: Jhonn Alves


Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.