Homem invade hospital e mata rival que aguardava atendimento




Um criminoso armado invadiu a emergência de um hospital e matou um homem que aguardava atendimento na recepção da unidade nesta segunda-feira (5) no município de Cascavel, Região Metropolitana de Fortaleza. A vítima identificada como André Carvalho da Silva, 23 anos, procurava atendimento médico após ter sido baleada momentos antes do crime.

Segundo testemunhas, além do homem morto, a companheira da vítima também estava na unidade hospitalar com um ferimento à bala. A mulher conversou com o G1 na manhã desta segunda-feira e apontou o ex-namorado como o autor do crime. A jovem de 23 anos afirmou que o suspeito não aceitava o fim do relacionamento de 4 anos.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS), o casal estava retornando de uma seresta quando foi atingido por arma de fogo. Os suspeitos estavam trafegando em uma motocicleta e a Polícia Civil já identificou um dos envolvidos suspeitos do crime. André não tinha antecedentes criminais.

"Eu ouvi um tiro. Todo mungo gritou, se apavorou. Fiquei muito nervosa, nunca tinha ouvido, presenciado isso, uma cidade tão calma. Nunca tinha vivenciado" explicou uma funcionária do hospital, que preferiu não se identificar.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Cascavel, o fato ocorreu por volta de 1h desta segunda-feira. O homem tinha entrado há pouco tempo no hospital para ser atendido. O homem estava com ferimento à bala ao lado da companheira que também tinha sido atingida.

O órgão também explicou que um criminoso entrou no hospital rapidamente e atirou contra a vítima, que não teve a identidade revelada. No momento da ação, um segurança armado estava fazendo a vigilância na unidade hospitalar.

Apesar do ocorrido, o atendimento no Hospital e Maternidade Nossa Senhora das Graças está sendo realizado normalmente nesta segunda-feira.

Atendimento

Ainda segundo a secretaria da Prefeitura de Cascavel, após a vítima ter sido atingida a equipe médica tentou reanimar o homem, mas sem sucesso.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionada para fazer a transferência do homem para Fortaleza. A companheira, que foi atingida na região das costas, também foi atendida no hospital e passa bem.

Equipes da Polícia Militar foram ao local para atender a ocorrência. Até esta manhã ninguém havia sido preso. Um inquérito policial foi instaurado na Delegacia Metropolitana de Cascavel.




Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.