Usuários denunciam situação 'caótica' do CRAS do Alto do Mateus


Em contato com a Redação do CANAL DO POVO, os moradores do bairro do Alto do Mateus, na Zona Oeste da Capital, denunciaram a situação do Centro de Referência em Assistência Social – CRAS, que segundo eles, encontra-se abandonado pela gestão municipal.

Usuários afirmam que a unidade está sucateada, os serviços não têm sido oferecidos com a qualidade devida, existe carência de profissionais, dentre outras dificuldades.

“O CRAS está um caos completo. Precisa de uma reforma, de melhorar o atendimento e oferecer dignidade a população. Tudo está sucateado e ainda tem um sério problema, pois a coordenadora só aparece aqui duas vezes por semana. É vergonhoso isso”, disse uma moradora que preferiu não se identificar.



Outro morador foi mais claro em suas alegações: “A situação é muito complicada. O muro está caindo, o prédio está cheio de infiltrações, o telhado vai desabar a qualquer momento. O prédio não tem estrutura para atender os idosos. E pra fechar com chave de ouro, a diretora acha que faz um favor a comunidade e só vem duas vezes por semana”.

O titular da Secretaria de Desenvolvimento Social - SEDES, Diego Tavares esteve no bairro essa semana e em conversa com a empresária e líder comunitária Tassiana Farias, afirmou que o muro da unidade será reconstruído em breve. “Já estamos em processo de solução desse problema”, afirmou o secretário.



“Realmente o CRAS precisa de uma revitalização. Acredito que devido a mudanças no secretariado atrasou as reformas nos órgãos. O CRAS há muito tempo não é revitalizado, assim como os postos de saúde. Os postos agora estão sendo reformados e o CRAS precisa da mesma forma de uma reforma. Atendendo ao povo, fomos a Secretaria e solicitamos as mudanças necessárias”, disse Tassiana.



Tassiana ainda comemorou a visita de Diego Tavares e afirmou que acredita que o muro da unidade seja reerguido e assim amenize a situação da segurança no local.  "Ele deu a ordem de serviço e acredito que semana que vem está sendo realizada a construção desse muro", ponderou.

Confira:





Da Redação



Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.