OPINIÃO: A solução é fazer uma ‘rifa’ da vaga deixada por Eduardo na CMJP




A Câmara Municipal de João Pessoa vive desde o início do ano um imbróglio jurídico digno das mais bisonhas comédias. Não recordo de já ter ouvido falar de um impasse semelhante em outra Casa Legislativa. Com a renúncia de Eduardo Carneiro para assumir uma cadeira na ALPB, ficou vazio o assento na CMJP. O que seria uma simples chamada pelo suplente se tornou uma verdadeira comédia pastelão.

Carlão do Cristo, primeiro suplente da coligação que elegeu Eduardo chegou a ser diplomado, mas ‘foi vereador apenas por um dia’. Depois disso uma série de diz-me-diz, fofoca, bate boca nas redes, liminares, pareceres, publicações de matérias, enfim depois de muita coisa, a CMJP continua com um vereador menos e a decisão final está muito longe do fim.

A presidência da Casa pouco falou sobre o assunto e ao que parece, a Mesa Diretora entendeu ou achou conveniente apenas calar e deixar que a justiça resolva ou não, o caso. Enquanto isso a população perde um representante, João Pessoa tem um vereador a menos.

Em conversa com o líder comunitário e segundo suplente de vereador da mesma coligação de Eduardo e Carlão, Cristiano Almeida deu, em tom irônico e brincalhão, uma sugestão ‘interessante’. Ele disse: “A solução é fazer uma rifa dessa vaga. Distribui entre os que se acham donos da cadeira, um número. Chama Eduardo que era o dono da vaga e sorteia. Quem for sorteado é o novo vereador”, ponderou em meio a uma gargalhada.

Obviamente Cristiano brincou. A cidade terá que esperar que o imbróglio seja resolvido, mas levando em consideração a morosidade da justiça brasileira eu diria que demorará bastante para que alguém sente nessa cadeira e ainda haverá risco de ‘queda’ por meio de ações judiciais.

É lamentável que algo de tamanha importância seja conduzido dessa forma e que a cidade seja prejudicada. O voto do eleitor, no final das contas, nada vale. As interpretações, as ponderações e há quem considere que outras questões, alheias ao interesse popular, tem definido ou deixado a situação cada dia mais indefinida.

João Pessoa está há quase um ano com um vereador a menos. Eleitores estão sem seu representante na CMJP, votos estão sendo desrespeitados. Algo precisa ser feito de modo urgente!

Respeitem o eleitor pessoense!


.!

Caco Pereira
Instagram: @caco_pereira_
Fone/WhatsApp: (83) 9 8216 1220


Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.