Casal é encontrado morto dentro de casa, em Areia




Um casal foi encontrado morto na noite da quarta-feira (2) dentro da casa onde morava, em Areia, no Brejo paraibano. De acordo com a delegada de Homicídios de Esperança, Socorro Silva, que acompanha o caso, Ana Rita, de 61 anos, foi encontrada no banheiro da residência com várias perfurações de faca. Já José Arimatéia, de 55 anos, foi encontrado morto na cozinha. A suspeita da polícia é de que o caso seja um feminicídio seguido de suicídio.

O caso aconteceu no sítio Rio do Canto, na zona rural da cidade. Conforme a delegada, os corpos de Ana Rita e José Arimatéia foram encontrados pela família. Segundo relato dos familiares do casal à polícia, eles estavam tentando contato com o homem e a mulher por telefone há algum tempo, como não conseguiram, decidiram ir até a casa deles.

Ao chegarem no local, por volta das 20h da quarta-feira, os familiares perceberam que a casa estava fechada e então arrombaram a porta da residência. Dentro da casa eles encontraram a mulher no banheiro, morta com golpes de faca. O homem estava morto enforcado na cozinha. A polícia foi acionada ao local e constatou a morte do casal.

Segundo a delegada, há suspeita de que as mortes tenham sido motivadas por um suposto abuso cometido pelo homem contra uma filha adotiva do casal. “O casal até pouco tempo morava com uma adolescente, que teria sido adotada por eles aos 9 anos. Hoje a menina está com 15 anos, mas ela foi para um lar provisório. Então há suspeitas de que esse suposto caso de abuso tenha levado a uma discussão entre eles, que terminou na morte da mulher e, em seguida, no suicídio do homem”, explicou.







Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.