MP exclui Ricardo Madruga da Operação Calvário por inexistência de dolo e desvios





O executivo Ricardo Madruga comemorou a exclusão de seu nome arrolado na Operação Calvário, após o Ministério Público examinar e atestar a inexistência de motivação para denunciá-lo .

"Por algum motivo me denunciaram ao Ministério Público de envolvimento com pessoal da Calvário, onde realmente tenho muitos e próximos amigos, além disto, insinuações pejorativas sem qualquer envolvimento nosso”.

Ele explicou que “prontamente levei ao Gaeco extratos bancários, cópias das 8 últimas declarações de Imposto de Renda e outros documentos, onde comprovei a minha idoneidade nas audiências, apesar das amizades envolvidas no processo e o tempo de convivência”.

"Após as análises do MP, há a decisão do não oferecimento de denúncia à minha pessoa e o arquivamento do meu caso. Vivenciei as explorações políticas e exposições públicas que sofri injustamente. Convivi com o grupo desde 2004, mas do lado do bem para comunidade. Mas estas coisas nos fortalece, e vemos quantas amizades de fato construímos ao longo da vida!” concluiu.








Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.