Programas desenvolvidos em Conde são destaques no 21º Congresso Brasileiro de Arquitetos



A prefeita Márcia Lucena e o secretário de planejamento Flávio Tavares, participaram nesta quinta-feira (10), durante o 21º Congresso Brasileiro de Arquitetos da mesa “De Brasília ao Conde: contribuições do IAB na gestão Pública”, onde foram debatidas as ações de intervenção urbanística por meio de Concursos Públicos e a integração da população no processo de criação de espaços públicos.

Durante o evento a prefeita destacou que a participação da população é essencial na tomada de decisões na gestão dentro do município. “Nossa metodologia de trabalho é envolver a população em todo o processo, ouvindo o que cada um e cada uma quer de melhor para sua região e dessa forma estamos criando uma cidade melhor e oferecendo mais qualidade de vida para todos os cidadãos”, disse.

A prefeita também falou das dificuldades encontradas ao assumir a gestão em janeiro de 2017. “Chegamos numa cidade completamente zerada em relação a arquivos, documentos, dados, uma cidade totalmente irregular, à margem da lei, onde as pessoas foram se virando da maneira que podiam, sem nenhum cuidado ou atenção do poder público e nosso trabalho começou a partir daí, em ter o cuidado de organizar a cidade para a população de Conde”, ressaltou.

O secretário de planejamento Flávio Tavares disse que “nós saímos de uma base que não existia nada, do zero, e criamos um marco legal municipal e a partir daí, fomos reconhecendo as vocações da cidade para além da sede administrativa e da paia, envolvendo dessa forma, todas as comunidades e setores da prefeitura”, afirmou.

Flávio falou sobre a obra de reurbanização do Centro de Conde, que tem previsão de início ainda em 2019. “O projeto de reurbanização do Centro foi o resultado do primeiro Concurso que realizamos e contamos com a participação da população na “Oficina de Ideias”, onde criamos uma carta de diretrizes que foi integrada ao edital, para que as equipes pudessem desenvolver seus projetos, baseado no que os moradores e moradoras da região desejam como melhoria para o centro da cidade”, explicou.

Outros programas desenvolvidos no município também foram apresentados, como o Mutirão na Vizinhança, que possibilita a construção de espaços públicos envolvendo a comunidade na criação das novas áreas, o Chão de Direito, que está proporcionando a população, o direito de regularizar o local onde vive, a Lei de Zoneamento, que organizou toda a cidade e o EPA que está entre os dez finalistas do Prêmio Municiência e proporciona atendimento técnico e especializado para pessoas de baixa renda que queiram reformar suas residências.

Além da prefeita Márcia Lucena e do secretário de planejamento Flávio Tavares, o secretário de gestão do Território e habitação do Distrito Federal entre 2015 e 2018, Thiago de Andrade, também participou da mesa.





Secomd


Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.