Luciene de Fofinho repudia veto do prefeito a projeto que cria Plano Municipal de Prevenção ao Suicídio




A vereadora Luciene de Fofinho apresentou voto de repúdio ao prefeito Berg Lima pelo veto ao Projeto de Lei n° 33/2018, de autoria do vereador Netinho Figueiredo, que versa sobre a criação do Plano Municipal de Prevenção ao Suicídio.

Segundo texto assinado pelo prefeito, o projeto é inconstitucional por ser “contrário ao interesse público”.

Por outro lado, a vereadora Luciene de Fofinho repudiou o veto apresentado pelo gestor e chamou atenção para a importância da inciativa, que visa prevenir e combater um dos maiores problemas de saúde pública da atualidade, haja vista ao número de pessoas que cometido suicídio, desencadeado por problemas causados, em quase sua totalidade, pela depressão, o que torna a matéria ainda mais importante enquanto política pública voltada para a população.

“Hoje apresentamos um voto de repúdio por conta de um veto do prefeito, onde ele deveria dar mais atenção a esta importante temática. Mas ele simplesmente desconsiderou e vetou um projeto de interesse público. Repudio essa omissão do Poder Executivo com um problema tão grave e que tanto mal tem causado”, declarou Luciene.




Ascom Câmara de Bayeux




Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.