Márcia Lucena chama de “absurda e violenta” a declaração de Eduardo Bolsonaro sobre AI5





A prefeita de Conde Márcia Lucena, em declaração postada em rede social, disse nessa quinta-feira (31) que foi absurda e violenta a fala do deputado federal Eduardo Bolsonaro em defesa de um novo AI5 no Brasil, ato institucional da ditadura militar que viabilizou a tortura e o assassinato de oposicionistas, cassou mandatos, censurou a imprensa e as artes e expulsou as pessoas de seus empregos. 

A postagem foi a seguinte:

A sociedade brasileira foi surpreendida hoje com essa fala absurda e violenta do deputado federal Eduardo Bolsonaro ameaçando a nação com o retorno do AI5, ato institucional da ditadura militar que a partir de 1968 viabilizou a tortura e o assassinato de oposicionistas, cassou mandatos, censurou a imprensa e as artes e expulsou as pessoas de seu emprego.

Uma fala que revela o despreparo para a convivência numa democracia não só pessoal, mas certamente do grupo que ele representa. Mais que ameaçar a democracia e desrespeitar o eleitorado, Bolsonaro tenta intimidar as pessoas e instituições que não aceitam a truculência e o machismo de quem pensa que pode tudo. Nós continuaremos, apesar dessa visão ultrapassada, a lutar contra injustiças e a combater a ignorância. 



Assessoria



Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.