BAYEUX: “Vivemos uma crise, não é o momento para festa”, diz Presidente da Câmara ao explicar por que é contra a realização do Caranga Fest



 
O presidente da Câmara Municipal de Bayeux, Jefferson Kita, se posicionou e explicou por que é contra a realização do Caranga Fest.

“Venho reafirmar meu compromisso com a cidade de Bayeux, tendo em vista que eu já vinha me posicionando anteriormente contra a realização do Caranga Fest. Não se trata de ser contra a festa cultural, que já fez parte do nosso calendário, mas pelo momento que a cidade vive, um caos administrativo e financeiro”, disse.

Ele pontua o que para ele deveriam ser as propriedades do governo municipal, mas que torna inadmissível a ideia de uma festa diante das tantas carências vivenciadas pela população bayeuxense.

“Salários atrasados, coleta de lixo precária, falta de medicamentos nos postos de saúde, merenda sem qualidade, diante de tantos serviços essenciais que não vêm funcionando não é admissível que o prefeito queira fazer uma festa”, argumentou o vereador.

O parlamentar afirmou ainda que procurou o Ministério Público para que se tomem as devidas providências e comentou a possibilidade de intervenção no município, levantada pelo presidente do Tribunal de Contas do Estado.

Ontem fomos pedir providências ao Ministério Público porque não há clima para se fazer uma festa numa crise financeira como a que Bayeux vive hoje. Também vimos matéria amplamente divulgada na imprensa de que Bayeux pode sofrer uma intervenção por causa da folha de pagamento estourada e zero de investimentos em obras e serviços”, finalizou.





 Da Redação


Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.