Com uso de comissionados, Berg Lima transforma Prefeitura de Bayeux numa máquina de ataques e promoção de fakenews



Berg Lima tem transformado a estrutura da Prefeitura de Bayeux numa verdadeira máquina de produção de fake news.

Após eleger o presidente da Câmara Municipal, Jefferson Kita, com alvo número 1 dos ataques diários, Berg arregimentou um verdadeiro exército de servidores comissionados para executarem todo de tipo de serviço que atinja diretamente aqueles que considera seus inimigos.

Os exemplos mais práticos desse modus operandi é a feroz atuação de Gilverlano Medeiros e Ailton Rodrigues, lotados na Secretaria de Infraestrutura como Assessor Executivo e Coordenador de Comunicação, respectivamente.

Gilverlano, inclusive, é quem assina uma das denúncias caluniosas apresentadas contra Kita na Câmara e que foi arquivada por falta de provas e fundamentação.

Aílton tem atuado muito próximo a Berg, tem gozado de prestígio junto ao prefeito e faz questão de demonstrar seu prestígio em fotos publicadas nas redes sociais.

Outro agente público da Prefeitura de Bayeux que tem exercido forte militância contra Jefferson Kita em redes sociais e grupos de mensagens é o Superintendente do IPAM, Diego Medeiros.

Diego, enquanto gestor de uma autarquia pública, quebra o rito de respeitabilidade e cordialidade inter-poderes, fere o Código de Conduta previsto na Lei Orgânica do município e deve ser representado, ao lado de Gilverlano e Aílton, junto ao Ministério Público da Paraíba por aturarem em ataques pessoais a um chefe de poder constituído no município utilizando-se da estrutura da máquina pública, recebendo do erário para tal.

"Estamos de posse de todos os prints com a comprovação do uso dos servidores comissionados da Prefeitura de Bayeux, e amanhã estaremos levando ao Ministério Público, para que o Prefeito Berg Lima e os servidores envolvidos possam responder criminalmente pelo uso da máquina pública na criação e promoção de fake news”, afirmou o vereador e presidente da Câmara Municipal de Bayeux, Jefferson Kita.



Foto: Reprodução/PMBY



Nenhum comentário:

Caco Pereira Comunicação & Consultoria. Tecnologia do Blogger.